contato@rdville.com.br | (47) 4101-7980

Blog

Conheça a influência das cores na decoração

 

Quando queremos ser mais discretos, usamos preto. Quando queremos demonstrar alegria, vestimos cores vivas, como o amarelo. Isso porque as cores são capazes de despertar sensações e impressões, desde agitação e euforia até seriedade, sofisticação e, claro, isso vale não apenas para as roupas, mas para o momento de escolher a tonalidade de cada ambiente do nosso lar.

Por isso, hoje, para ajudar você a deixar a sua casa mais colorida, com uma pintura que reflita a sua personalidade, separamos um artigo especial que traz a influência das cores na decoração.

Descubra os significados de cada tonalidade e como elas afetam o nosso humor e as nossas emoções.

Acompanhe!

 

Cores quentes e cores frias

Lembra na escola quando fazíamos aula de artes? Pois é, quem diria que elas nos ajudariam também na hora de decorar a nossa casa. É que para entender as diferentes tonalidades, é preciso começar do princípio básico, que é a temperatura das cores.

As cores quentes correspondem àquelas que transmitem sensação de calor, uma vez que estão associadas ao sol, ao fogo e ao sangue. Enquanto as cores frias são aquelas que estão associadas ao gelo, à água, à lua e que transmitem a sensação de frio.

A influência das cores na decoração

Dito isso, para entender a influência das cores na decoração, é necessário compreender o impacto psicológico que elas têm sobre nós, e esse impacto depende de fatores subjetivos. De maneira geral, é possível determinar como cada cor atua no nosso cérebro e quais sentimentos estão atrelados a ela.

Veja os significados de algumas delas:

1. Azul

Azul é considerada a cor da mente e é essencialmente calmante. As paredes nessa cor parecem estar mais longe do que realmente estão, por isso, o azul pode ajudar a criar a sensação de amplitude nos ambientes.

Azul e a influência das cores na decoração.

2. Verde

Ligado à natureza e ao equilíbrio, o verde transmite calma e bem-estar. É uma ótima cor para mesclar com elementos naturais como fibras, mobiliário em madeira e plantas, criando um ambiente rústico e sensação de tranquilidade. É uma ótima opção também para as sacadas ou áreas de lazer.

3. Amarelo

O estímulo gerado pelo amarelo é psicologicamente forte, sendo considerada uma cor que atinge mais os sentimentos do que o físico ou o intelecto. Pode levantar nossos ânimos e nossa autoestima, pois é a cor da confiança e do otimismo. Mas deve ser usada com cautela, pois o tom inadequado ou a mistura mal feita com outras cores podem ter o impacto totalmente contrário, dando lugar ao medo e à ansiedade.

Amarelo e a influência das cores na decoração.

4. Vermelho

Cor do elemento fogo, é conectada à energia e a paixão. Considerada uma cor quente, pode ser estimulante, sendo uma ótima opção para aguçar o paladar. Assim, uma cozinha com detalhes em vermelho, por exemplo, pode ser uma ótima pedida ou um espaço gourmet.

5. Cinza

O cinza é a única cor neutra que não produz efeitos psicológicos diretos. Mas que, na decoração, pode ajudar a trazer um efeito sofisticado e moderno ao ambiente. Ótimo para compor um décor estilo escandinavo ou industrial. E devido a sua versatilidade, a cor combina com quartos, escritórios e corredores.

Cinza e a influência das cores na decoração.

Dicas para acertar na escolha das cores

O gosto pessoal é o principal fator de escolha de uma cor. Afinal, não adianta usarmos uma coloração que não traz uma boa memória ou sensação. No entanto, é preciso analisar qual o estilo da decoração, o mobiliário e, até mesmo, a metragem do espaço para determinar qual tonalidade seria a ideal.

Para não errar, acompanhe as dicas para alcançar um ambiente harmônico:

  • Evite cores muito fortes em todas as paredes, pois dá a sensação de que o ambiente é menor;
  • Se a ideia for usar um tom forte, escolha uma parede estratégica, como atrás de um sofá ou aparador, e trabalhe as demais paredes com tons neutros;
  • Ao misturar as cores, use a roda das cores e escolha a que estiver no lado oposto (cores primárias combinam com cores secundárias). Exemplo: um ambiente com parede azul combina com a decoração em tons de laranja;
  • Caso pretenda fazer uma combinação monocromática, pule, no mínimo, um tom de diferença, mas sempre na mesma página da cartela de cores.

Influência das cores na decoração.

Os detalhes fazem toda a diferença

Se você ainda não se sente muito seguro em apostar nas cores, invista em detalhes. Almofadas, tapetes, vasos de flores, abajures e quadros dão o recado e não pesam no ambiente. Além disso, esses elementos decorativos são fáceis de trazer para o seu lar, tem baixo custo e ainda podem ser trocados sempre que você quiser.

Detalhes e a influência das cores na decoração.

____

Gostou do conteúdo? Então compartilhe nas suas redes sociais para que todo mundo também conheça a influência das cores na decoração.

Outras Postagens

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>